WhatsApp

(83) 99681-8500

Romero silencia após debandada de aliados pró Roberto Paulino e deixa campanha de Daniella ao Senado seguir enfraquecida - PB Play

Política

05/09/2018 às 07h30 - Atualizada em 05/09/2018 às 07h30

Romero silencia após debandada de aliados pró Roberto Paulino e deixa campanha de Daniella ao Senado seguir enfraquecida

Jefferson Santos
Campina Grande - PB

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), até agora não reagiu, publicamente, a decisão de vereadores de sua base aliada na Câmara Municipal, de escantear a campanha de Daniella Ribeiro (Progressitas) ao Senado Federal, para oficializar apoio ao candidato do MDB, Roberto Paulino.


O grupo formado pelos vereadores Antônio Alves Pimentel Filho, Alvaro Farias, Saulo Noronha, Saulo Germano, Rodrigo Ramos e Sargento Neto confirmou adesão ao emedebista, em reunião, na tarde desta terça-feira (04), e acabou provocando uma grande baixa no grupo de oposição, na Rainha da Borborema.

Daniella, que ainda conta com o apoio de Romero Rodrigues, é o 2º nome na disputa pelo Senado Federal na chapa encabeçada por Lucélio Cartaxo (PV) e que também conta com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

O silêncio de Romero, todavia, acaba enfraquecendo a candidatura de Daniella e ressaltando a falta de ‘pulso’ do tucano em manter os vereadores aliados ao seu lado.

Sobre o tema, a única vez que Romero se pronunciou foi na segunda quinzena de agosto. Durante entrevista Romero chegou a declarar que não acreditava na articulação.

– Eu não acredito nessa hipótese, porque, ao que me consta, nenhum vereador buscou apoiar alguém com interesse pessoal e financeiro. Não é do meu conhecimento, nem das eleições municipais, nem da estadual passada. Então, não acho que eles vão usar esse critério de negociação no sentido de buscar viabilizar decisão e apoio para o Senado – disse, em entrevista, à época.

Ainda, naquela ocasião, Romero havia se manifestado que apenas iria respeitar a decisão dos vereadores, caso ela viesse a ser tomada, como acabou sendo.

“Se algum tomar uma decisão diferente, espero que não faça, eu vou respeitar. Vai me contrariar, mas não posso me contrapor à vontade dos outros, até porque são maiores de idade”, emendou.



PB Agora

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 80 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

PB Play
Editoriais
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
P3 host brasil